LinkNews

Linkcom-news-14122105-01

Linkcom presente na Worldwide Partner Conference, da Microsoft

No âmbito da parceria que tem vindo a consolidar com a Microsoft, a Linkcom, na pessoa do administrador, Pedro Quintela, fez-se presente na edição deste ano da WPC (Worldwide Partner Conference).

A conferência, que decorreu entre 12 e 16 de julho de 2015 em Orlando, Flórida, contou com a presença de mais de 15 mil pessoas de empresas parceiras da Microsoft, oriundas de mais de 135 países. Este é, de resto, nas palavras de Satya Nadella, CEO da Microsoft, «um dos aspetos que se tem mantido constante no nosso compromisso [da Microsoft] com os parceiros que temos: a vontade de celebrar todos os anos o sucesso alcançado conjuntamente e de reafirmar esse compromisso.»

Com centenas de sessões (não só palestras mas também performances musicais), apresentações de inovações tecnológicas, oportunidades únicas de networking e tecnologias ready to be explored, foram cinco dias em que a partilha de conhecimento e experiências, em ambiente de informalidade, se aliou ao convívio. Foi lá, a título de curiosidade, que se jogou o campeonato anual de golfe da Associação Internacional de Parceiros da Microsoft (IAMCP – International Association of Microsoft Channel Partners), que, aliás, mereceu o protagonismo de abertura da WPC. Sobre esta dupla natureza do evento, Jacobo Senior, CEO da Solosoft (parceira da Microsoft), afirma que «a WPC é o lugar para estar em julho. Ajuda-nos a alinhar as nossas empresas com a estratégia da Microsoft, oferece excelentes sessões sobre liderança de negócio e confere destaque às experiências de outros parceiros, tudo enquanto aprendemos e nos divertimos ao mesmo tempo.»

O encerramento de mais uma edição de um evento sempre muito aguardado pode ter apanhado alguns de surpresa. O local escolhido, a Disney, fechou as portas dos famosos Hollywood Studios para receber em exclusivo os convidados da WPC. Um final feito de entretenimento e boa-disposição, com live-acts de DJs, viagens em montanhas-russas, fogo-de-artifício e, claro, poses para as câmaras na companhia de personagens como a Minnie ou o pato Donald.

Em contexto de grande transformação na área das tecnologias da informação, Pedro Quintela reconhece à WPC 2015 o mérito de colocar a tónica na Cloud e na mudança para a Cloud. O administrador da Linkcom prevê que os próximos cinco anos tragam consigo «uma diminuição do mercado e uma regressão das vendas no que diz respeito, por um lado, ao fornecimento de PCs e desktops e, por outro, à renovação de infraestruturas. Isto significa que os clientes vão adquirir soluções mais estáticas apenas para fazer face às necessidades que têm no momento, ao invés de com uma previsão de anos, como se fazia até à data. Dito isto, tenderão a emendar essa diferença com a Cloud, que não só vem colmatar falhas de elasticidade das infraestruturas, como permite diminuir os custos de gestão e aquisição de equipamentos, tornando o investimento mais linear ao longo dos anos, isto é, mais flexível e ajustável em função da dimensão da organização e dos picos do negócio.» Ainda que o foco da conferência tenha dado primazia, naturalmente, ao mercado norte-americano, Quintela destacou a excelente escolha dos parceiros por parte da Microsoft e a abrangência do overview, que incluiu tanto as áreas técnicas como as áreas comerciais, dado em diferentes sessões que se propuseram refletir sobre possibilidades de abordagem a um mercado em constante mutação.

A Linkcom subscreveu inclusive uma solução lançada na WPC, a Cloud Solution Provider, por meio da qual pretende disponibilizar não só o licenciamento Microsoft mas também um portefólio de serviços complementares, o que tem a dupla vantagem, segundo o administrador da Linkcom, de «criar uma oferta mista e dirigir a Linkcom para uma oferta mais focada na prestação de serviços e menos no fornecimento de equipamento.»

A WPC 2016 já tem lugar e data marcados. Toronto, no Canadá, deverá receber, entre 10 e 14 de julho, uma comunidade parceira da Microsoft muito expectante. Esperamos que a Linkcom, parceira top VAR (value-added reseller) da Microsoft no mercado de pequenas e médias empresas, tenha novamente a oportunidade de estar presente. E que o evento consiga superar-se enquanto espaço de aprendizagem e estreitamento de relações.