IT Architecture

Link Consulting - services - IT Architecture

De acordo com um relatório sobre a situação global das Organizações, alguns dos principais problemas que os CEOs e Directores de informática se deparam são:

Visão inadequada sobre o desempenho do TI
Falhas operacionais
Número de problemas e incidentes
Alto custo com baixo retorno sobre o investimento
Falta de conhecimento dos sistemas críticos
Falta de capacidade de gestão da informação
Falta de alinhamento entre a estratégia do IT e a estratégia comercial

Em muitos destes casos o IT é um centro de custo e não um centro de proveitos para a organização, onde mais de 30% dos investimentos são um desperdício (os projectos falham no retorno de investimento, muitas vezes são questionados internamente, …).

A correcta gestão do IT tem um elevado impacto no retorno dos investimentos e deve ser uma procura crescente das Organizações, privadas e públicas, que pretendem utilizar a tecnologia para melhor competir num mundo em constante e acelerada mudança.

Alguns domínios relativos ao IT Governance já possuem normas e/ou frameworks associadas, tais como:

  • Estratégia IT (ex. Arquitecturas) – Zachman Framework
  • Operações (Gestão de Serviços de IT) – ISO 20000 / ITIL
  • Conformidade (Gestão da Segurança de Informação) – ISO 27000

E a governação propriamente dita?

Com base num standard internacional, ISO 38500 – IT Governance, a governação é “O sistema pelo qual a utilização actual e futura do IT é dirigido e controlado” sendo o seu principal objectivo:

“Fornecer uma framework de princípios para que os Directores (Board de Governação) possam avaliar, dirigir e monitorizar o uso do IT dentro das organizações”.

Sendo a norma ISO 38500 um guia, não permite as Organizações a implementação de qualquer outra norma ou Framework, mas juntamente com a Framework “Calder-Moir IT Governance”, permite reconhecer cada uma das normas como um conjunto específico de ferramentas de melhores práticas e coloca cada conjunto num contexto de um processo de ponta a ponta e identifica como podem ser coordenadas para apoiar a Organização.

A Link Consulting, tem acumulado ao longo da sua existência um leque de competências e detém experiência relevante na realização de serviços de consultadoria em Governação, comprovada pelos projectos em que esteve e tem estado envolvido e que constituem referência importante nesta área, de acordo com os melhores padrões de qualidade do mercado.

São disso exemplo os seguintes modelos, em que a link consulting detêm competências para ajudar as Organizações, uma mais valia na sua implementação:

  • Conformidade
    • Gestão da Segurança de Informação – ISO 27000
    • Governação – ISO 38500
  • Estratégia IT
    • Arquitecturas – Zachman Framework
  • Operações
    • Gestão de Serviços de IT – ISO 20000 / ITIL

Estas competências quer na sua vertente tecnológica quer na sua componente funcional e organizacional, resultam de um trabalho pioneiro em Portugal durante os seus mais de 10 anos de existência.